Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

J Q M

Fui jornalista, estive em todo o tipo de competições desportivas ao longo de mais de 30 anos e realizei o sonho de participar nos Jogos Olímpicos. Agora, continuo a observar o Desporto e conto histórias.

J Q M

Fui jornalista, estive em todo o tipo de competições desportivas ao longo de mais de 30 anos e realizei o sonho de participar nos Jogos Olímpicos. Agora, continuo a observar o Desporto e conto histórias.

Desempatar os grupos de qualificação é um quebra-cabeças para a FIFA, cada vez pior quanto maior for a aproximação de valores. Hoje foi o Polónia-Japão a ter quase 20 minutos de jogo da vergonha, com a gestão do resultado em regime e ritmo de anti-jogo, à boa maneira do Alemanha-Áustria de 1982. Não há resposta para situações que satisfaçam os objectivos de ambas as equipas, por mais desagradável e chocante que a situação se torne para os espectadores e para quem vê (...)
Não é bem uma surpresa, atendendo ao histórico de entradas surpreendentes do Senegal e de irregularidade da Polónia, mas não deixa de ser a derrota da 8.ª com a 27.ª do ranking mundial. Os africanos tinham entrado a derrotar a campeã mundial, França, em 2002 e acabaram na 7.ª posição, regressando agora para a segunda participação. No termo da primeira jornada do Mundial, as maiores surpresas surgiram precisamente neste grupo H, depois de também o número 61 (Japão) ter (...)