Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Sim, subscrevo.

  • JQM

    Eu trocaria por Jonas, evidentemente.

  • Jaime Palha

    Não me respondeu, João.

  • Anónimo

    E a trocar, troca por quem?

  • Anónimo

    Moral da história, todos os processos a que o Benf...





Rui Patrício, Piccini, Mathieu, Fábio Coentrão, William Carvalho, Gelson Martins, Bryan Ruiz e Bas Dost foram oito dos 11 jogadores do Sporting que enfrentaram o Benfica em Maio, empatando sem golos no José Alvalade.

Como teria dormido Jorge Jesus na véspera desse encontro importante, em que estava em jogo o segundo lugar na Liga e a possibilidade de acesso à Champions League, se estivesse privado de utilizá-los?

Por esta amostra dá para perceber a altura da montanha que José Peseiro está a escalar. Muitos adeptos criticam que, em particular no final dos jogos, a atitude seja de equipa pequena. Mais um trinco para segurar a vitória tangencial sobre o Vitória, mais um defesa para agarrar o empate na Luz - mas o realismo do treinador é uma das suas virtudes, nesta fase.

Em particular no sector defensivo, o Sporting apresentou-se na Luz extremamente depauperado, mantendo apenas Coates: do guarda-redes ao médio defensivo, todos os recursos à disposição do treinador são de nível inferior e, nalguns casos, até muito inferior ao dos tempos de Jorge Jesus.

Por isso, é tão importante este empate para a continuação do meticuloso trabalho laboratorial de José Peseiro, na busca de um antídoto contra tudo o que muitos adeptos do clube pensam dele, desde 2005, e que se resume na fórmula P+0 (pê zero), uma espécie de vírus do pé frio que se traduz na incapacidade de alcançar triunfos em situações favoráveis. 

Nada garante que o panorama ainda possa melhorar, mas é já certo que no dia 9 de Setembro o treinador ribatejano vai entregar aos novos dirigentes uma equipa muito mais forte do que aquela que encontrou. Sem exibicionismo nem golpes de mestria e, sobretudo, por um preço de saldo.

Autoria e outros dados (tags, etc)





Comentários recentes

  • Anónimo

    Sim, subscrevo.

  • JQM

    Eu trocaria por Jonas, evidentemente.

  • Jaime Palha

    Não me respondeu, João.

  • Anónimo

    E a trocar, troca por quem?

  • Anónimo

    Moral da história, todos os processos a que o Benf...