Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Sim, subscrevo.

  • JQM

    Eu trocaria por Jonas, evidentemente.

  • Jaime Palha

    Não me respondeu, João.

  • Anónimo

    E a trocar, troca por quem?

  • Anónimo

    Moral da história, todos os processos a que o Benf...





Desempatar os grupos de qualificação é um quebra-cabeças para a FIFA, cada vez pior quanto maior for a aproximação de valores. Hoje foi o Polónia-Japão a ter quase 20 minutos de jogo da vergonha, com a gestão do resultado em regime e ritmo de anti-jogo, à boa maneira do Alemanha-Áustria de 1982.

Não há resposta para situações que satisfaçam os objectivos de ambas as equipas, por mais desagradável e chocante que a situação se torne para os espectadores e para quem vê pela televisão.

A única situação de que me lembro em que não foi aceite a proposta tácita de empate ocorreu em 1986 entre Portugal e Marrocos: José Torres não aceitou a trégua sugerida pelo treinador brasileiro dos marroquinos e a coisa descambou para uma derrota e eliminação lusitana.

A ideia de que a última jornada tem de começar à mesma hora para todos faz sentido, ainda que na Rússia, com toda a tecnologia à disposição, nenhum dos grupos tenha iniciado as partidas em rigoroso simultâneo, chegando a haver desfasamentos de quase um minuto, quer no início quer depois do intervalo.

Também por isto não se entende a pré-maqueta dos jogos do Mundial de 2026, na América do Norte, que terá 48 selecções em 16 grupos de 3 equipas, para eliminar apenas uma - o que pressupõe uma vantagem das equipas que disputarem o último jogo.

A última vez que houve grupos de 3 foi precisamente em 1982, mas na segunda fase, embora para apurar apenas o vencedor de cada grupo para as meias-finais. Mesmo assim, em 4 grupos apenas o da Alemanha não favoreceu as selecções que disputaram a terceira partida.

Autoria e outros dados (tags, etc)





Comentários recentes

  • Anónimo

    Sim, subscrevo.

  • JQM

    Eu trocaria por Jonas, evidentemente.

  • Jaime Palha

    Não me respondeu, João.

  • Anónimo

    E a trocar, troca por quem?

  • Anónimo

    Moral da história, todos os processos a que o Benf...