Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Moral da história, todos os processos a que o Benf...

  • José Brito

    "Encontram-se ainda vários pedidos para ‘discoteca...

  • Anónimo

    Se as pessoas não estão contentes com o que é "ofe...

  • Anónimo

    Este artigo peca por misturar o que não pode ser m...

  • Marco Hugo

    A lista dos ex-árbitros espiados no caso ‘E-Toupei...





O clichê do “perfume do futebol africano” faz cada vez menos sentido, como se observou neste último encontro de hoje, em que uma Nigéria, resignada e mal formatada a um modelo de jogo europeu, perdeu (0-2) sem remissão com uma Croácia adulta e focada na oportunidade de ganhar avanço e criar pressão sobre a Argentina, seu próximo adversário. As outrora Super Águias pareceram também afectadas pelo blackout total de energia eléctrica que paralisou o grande país africano desde ontem.
A irreverência do jogador africano, feita de dribles, piques, golpes surpreendentes e muita anarquia táctica, foi substituída por um modelo rígido, um ritmo baixo e muito medo de errar - total ausência de estratégia e identidade. Talvez faça sentido que jogadores que não vivem nem trabalham em África actuem como se fossem uma equipa europeia, mas neste contexto a Croácia tem melhores intérpretes e impôs-se sem dificuldade, apesar de os golos terem nascido em cantos e de não ter havido muitas ocasiões nem espectacularidade.
A Nigéria, que nunca tinha perdido um jogo de abertura com adversário europeu, entrou derrotada em campo. A lentidão dos movimentos foi exasperante, com aquele constante recuo dos médios para trocar a bola no meio dos defesas centrais - um dos clássicos sintomas das equipas que não sabem o que fazer com a posse.
A Croácia é a selecção de Modric, Rakitic e Perisic - muito bons, maduros e rigorosos, podem e devem chegar longe.

Autoria e outros dados (tags, etc)





Comentários recentes

  • Anónimo

    Moral da história, todos os processos a que o Benf...

  • José Brito

    "Encontram-se ainda vários pedidos para ‘discoteca...

  • Anónimo

    Se as pessoas não estão contentes com o que é "ofe...

  • Anónimo

    Este artigo peca por misturar o que não pode ser m...

  • Marco Hugo

    A lista dos ex-árbitros espiados no caso ‘E-Toupei...