Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Sim, subscrevo.

  • JQM

    Eu trocaria por Jonas, evidentemente.

  • Jaime Palha

    Não me respondeu, João.

  • Anónimo

    E a trocar, troca por quem?

  • Anónimo

    Moral da história, todos os processos a que o Benf...





E ao 26.º jogo do Mundial, a primeira reviravolta no marcador. A Suíça foi a primeira selecção a conseguir vencer um jogo em que começou a perder.

O nível médio das equipas está mais aproximado que nunca e a vantagem de marcar primeiro é procurada como prioridade pelos treinadores. Percebe-se a frustração na cara dos jogadores quando sofrem o primeiro golo, até no começo das partidas, por temerem que já não seja possível ultrapassar defesas fortes e organizadas. Até agora, registavam-se apenas quatro empates e 21 vitórias de quem marcou primeiro.
A Suíça entrou a perder com a Sérvia, logo aos 5 minutos, mas nunca se perturbou nem mostrou essa ansiedade. Pelo contrário, soube suportar uma primeira parte em que os eslavos esbanjaram superioridade territorial e oportunidades, para ir nivelando o jogo paulatinamente, conseguir a igualdade no marcador à passagem da hora e jogar depois de igual para igual em busca de um triunfo que lhe abre as portas dos oitavos-de-final. A Suíça actuou com a confiança de quem só perdeu um jogo em dois anos (com Portugal) e vinha de embaraçar a estreia do Brasil, contrariando a tendência geral, ao não perder ambas as partidas em que sofreu o primeiro golo.

Autoria e outros dados (tags, etc)





Comentários recentes

  • Anónimo

    Sim, subscrevo.

  • JQM

    Eu trocaria por Jonas, evidentemente.

  • Jaime Palha

    Não me respondeu, João.

  • Anónimo

    E a trocar, troca por quem?

  • Anónimo

    Moral da história, todos os processos a que o Benf...