Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • Anónimo

    Sim, subscrevo.

  • JQM

    Eu trocaria por Jonas, evidentemente.

  • Jaime Palha

    Não me respondeu, João.

  • Anónimo

    E a trocar, troca por quem?

  • Anónimo

    Moral da história, todos os processos a que o Benf...





A Nigéria devolveu a esperança à Argentina, ao derrotar a Islândia por 2-0. Com Ahmed Musa (que actua na Rússia há vários anos) a bisar em dois soberbos lances de contra-ataque, a qualidade ofensiva e velocidade dos africanos não atenuarão os pesadelos de Messi e companheiros nos dias que faltam até 3.ª feira.

Lembro-me do Nigéria-Argentina de 1994, faz 4.ª feira 24 anos, em que Claudio Caniggia marcou dois golos para virar um jogo que começara mal. Foi o último jogo internacional de Diego Maradona, cujo controlo antidoping acusou a toma de um cocktail de cinco estimulantes que, em cima de uma suspensão anterior de 15 meses por uso de cocaína, veio a ditar o fim da sua carreira ímpar. Apesar da vitória nesse jogo, a Argentina só seguiu em frente por ter sido a melhor terceira classificada do grupo (no último Mundial de 24), pois, já sem Maradona, foi atropelada pela Bulgária e perdeu com a Roménia nos oitavos-de-final.
Por razões diferentes, o próximo Nigéria-Argentina também pode passar à história como o último jogo internacional de Lionel Messi, se não conseguir derrotar as super águias.
Do que se viu hoje, descontando o esvaziamento do grande balão islandês, não fica muita margem para a esperança argentina, embora a equipa cometa alguns erros na retaguarda e tenha um guarda-redes imberbe.
As hipóteses argentinas dependem também de a Islândia não vencer a Croácia, mas aqui há mais motivos para terem optimismo.

Autoria e outros dados (tags, etc)





Comentários recentes

  • Anónimo

    Sim, subscrevo.

  • JQM

    Eu trocaria por Jonas, evidentemente.

  • Jaime Palha

    Não me respondeu, João.

  • Anónimo

    E a trocar, troca por quem?

  • Anónimo

    Moral da história, todos os processos a que o Benf...